História

História

Em 1889, chegou nesta região o Sr. Apolinário Araújo, que ajudou a construir a estrada carreira, a qual muito contribuiu para o surgimento do povoado de Santa Bárbara. Em 1922, foram chegando mais aventureiros.
A peregrinação em louvor a Santa Bárbara era feita de quinze em quinze dias com a responsabilidade de todos levarem prendas ou outras oferendas para arrecadação de dinheiro com a finalidade da construção da capela.
A pedra fundamental foi lançada por volta de 1927, segundo o que estava escrito nos braços do cruzeiro fixado em frente a capela de palhoça.
Após alguns anos, a região foi se povoando e o Sr. Pedro Tavares de Morais resolveu doar cinco alqueires de terras para a construção do povoado, sendo que estas terras foram doadas a uma entidade religiosa na Arquidiocese de Goiânia.
Com o ensejo da notícia do povoado, foi aumentando a arrecadação e a Capela foi construída onde hoje está situada a Igreja Matriz.
Passados alguns anos a ambição política foi crescendo com a representação dos Srs. Manassés e Tobias, tornando-se os chefes políticos do povoado de Santa Bárbara.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santa Bárbara (ex-povoado), pela Lei Municipal n.º 98, de 12-09-1963, subordinado ao município de Trindade.
Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Bárbara de Goiás, pela Lei Estadual n.º4.710, de 23-10-1963, desmembrado de Trindade. Sede no atual distrito de Santa Bárbara de Goiás (ex-Santa Bárbara). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1964.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município de Santa Bárbara é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.

Geografia

A área do município é de 138,234 km², representando 0,04% do estado de Goiás, 0,0086% da Região Centro-Oeste do Brasil e 0,0016% de todo o território brasileiro.[5] Situa-se a 16°34’6″ de latitude sul e 49°41’31” de longitude oeste e está a uma distância de 51 quilômetros a oeste da capital goiana, Goiânia. Seus municípios limítrofes são Avelinópolis a noroeste, Nazário a oeste, Palmeiras de Goiás a sudoeste, Campestre de Goiás a sul e Trindade a leste. De acordo com a divisão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística vigente desde 2017,[6] o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de São Luís de Montes Belos-Iporá e Imediata de Palmeiras de Goiás. Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, o município fazia parte da microrregião de Anicuns, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Centro Goiano.[7]

Hidrografia

O município faz parte da sub-bacia dos Bois que, por sua vez, está inserida na Bacia do Rio dos Bois. A demanda de água gira em torno de 13 litros por segundo, e a captação e tratamento no município são realizados pela Companhia Saneamento de Goiás (Saneago),[8] na estação de tratamento de água da cidade. O abastecimento é realizado pelo Córrego Água Limpa e pelos Poços Santa Bárbara de Goiás.

As terras do município de Santa Bárbara de Goiás são banhadas pelos rios Anicuns, Rio do Peixe e Santa Maria, além dos córregos: Santa Bárbara, Terra Podre, Laranjeira, Sabão, Jacaré, Getúlio e Mandaguari.

Economia

Santa Bárbara possui uma excelente produção agrícola, tendo um bom rebanho de bovinos, produzindo tanto leite como carne, além de uma boa produção de produtos como milho e a cana, que tem crescido em grande escala sua produção no município.

O comércio local é bastante diversificado, com vários supermercados, panificadoras, lojas de roupas, bares e restaurantes. A cidade conta com algumas poucas indústrias que geram alguns empregos para para a população, sendo a maior delas a CIMASP e a Valiscon Tripas Naturais.

A cidade também conta com inúmeras microempresas que geram empregos e fomentam a economia local.

Demografia

Em 2010, a população do município foi contada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 5 751 habitantes, sendo que 2 932 habitantes eram do sexo masculino, correspondendo a 50,98%, enquanto 2 819 habitantes eram do sexo feminino, totalizando a 49,02% da população. Ainda segundo o censo brasileiro daquele ano, 5 206 pessoas viviam na zona urbana (90,52%), e 545 em zona rural (9,48%).[10] De acordo com a estimativa para o ano de 2019, a população ampliou-se a 6 560 habitantes, sendo o 131º mais populoso de Goiás. Apresenta, consoante essa estimativa, uma densidade populacional de 41,20 habitantes por km².

Da população total em 2010, 1 392 habitantes (24,20%) tinham menos de 15 anos de idade, 3 941 habitantes (68,53%) tinham de 15 a 64 anos e 418 pessoas (4,27%) possuíam mais de 65 anos, sendo que a esperança de vida ao nascer era de 74,90 anos e a taxa de fecundidade total por mulher era de 2,1.[11] O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Santas Bárbara de Goiás é considerado alto, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no ano de 2010. Seu valor era de 0,706, sendo então o 97º maior de todo o estado de Goiás. O coeficiente de Gini, que mede a desigualdade social, era de 0,39, sendo que 1,00 é o pior número e 0,00 é o melhor.

Em 2010, segundo dados do censo do IBGE daquele ano com a autodeclaração de cada santabarbarense, a população era composta por 2 091 brancos (36,36%), 3 373 pardos (58,65%), 243 negros (4,23%) e 44 amarelos (0,77%). Considerando-se a região de nascimento, 4 944 eram nascidos no Centro-Oeste (85,97%), 403 no Nordeste (7,01%), 276 no Sudeste (4,80%), 84 no Norte (1,46%) e 2 no Sul (0,03%). 4 897 habitantes eram naturais do estado de Goiás (85,15%) e, entre os 854 naturais de outras unidades da federação, Minas Gerais era o estado com maior presença, com 230 pessoas (4,00%), seguido pelo Maranhão, com 143 habitantes residentes no município (2,47%). De acordo com dados do censo de 2010, a população municipal está composta por católicos (60,88% do total), evangélicos (24,19%), pessoas sem religião (8,26%), espíritas (4,82%) e 1,85% divididos entre outras religiões.

Política e administração

A administração municipal se dá pelos Poderes Executivo e Legislativo. O Executivo é exercido pelo prefeito, auxiliado pelo seu gabinete de secretários. O poder executivo do município de Santa Bárbara de Goiás é representado pelo prefeito, consoante determinação da Constituição Brasileira de 1988. O atual é Job Martins de Deus, do PDT, eleito em 2020 com 2.856 votos (66,05% dos votos válidos),[12] ao lado de Higor de Paula Almeida, do (MDB), como vice-prefeito. O Poder Legislativo, por sua vez é constituído pela câmara municipal, composta por nove vereadores eleitos para mandatos de quatro anos. Cabe à casa elaborar e votar leis fundamentais à administração e ao Executivo, especialmente o orçamento participativo, conhecido como Lei de Diretrizes Orçamentárias.

A cidade pertence à 63ª zona eleitoral do estado de Goiás e possuía, em maio de 2020, 5 212 eleitores, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o que representa 0,113% do eleitorado goiano.[13]

Educação

Na área da educação, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) obtido por alunos do 5º ano das escolas públicas de Santa Bárbara de Goiás foi de 6,9 em 2017, enquanto que do 9º ano foi de 5,0 (numa escala de avaliação que vai de nota 1 a 10). Em 2010, 99,4% das crianças entre sete e 14 anos estavam matriculadas em instituições de ensino.[14] O município contava, em 2018, com 941 matrículas nas instituições de educação infantil e ensinos fundamental e médio da cidade. O valor do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da educação era de 0,635 no ano de 2010.[11]

Comunicações

O código de área (DDD) do município é 062[15] e o Código de Endereçamento Postal (CEP) da cidade vai de 75398-000 a 75399-999.[16] O serviço postal é atendido por uma agência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, localizada no Setor Central.[17] A cidade também é amplamente coberta pelo serviço de telefonia móvel 4G.[18]

Referências

  1.  IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010
  2.  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (27 de agosto de 2020). «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2020». Consultado em 28 de agosto de 2020
  3.  «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil»Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008
  4. ↑ Ir para:a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010
  5.  Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais (2019). «Divisão Territorial do Brasil». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 21 de maio de 2020
  6.  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 25 de setembro de 2017Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017
  7.  Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE1: 76–78. Consultado em 25 de setembro de 2017Cópia arquivada (PDF) em 25 de setembro de 2017
  8.  Agência Nacional de Águas (ANA) (2010). «Atlas de Abastecimento Urbano». Consultado em 1 de março de 2014
  9.  World Map of the Köppen-Geiger climate classification. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 27 de maio de 2018Cópia arquivada em 27 de maio de 2018
  10.  «Tabela 3107 – População residente, por situação do domicílio, sexo e grupos de idade – Sinopse». Sistema IBGE de Recuperação de Dados Automática (Sidra). Consultado em 7 de agosto de 2018
  11. ↑ Ir para:a b Atlas do Desenvolvimento Humano (2013). «Perfil». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Consultado em 21 de maio de 2020
  12.  O Globo«Apuração: Santa Bárbara de Goiás». Consultado em 22 de junho de 2020
  13.  Tribunal Superior Eleitoral (TSE). «Consulta Quantitativo». Consultado em 21 de maio de 2020
  14.  IBGE. «Panorama de Santa Bárbara de Goiás (GO)». Consultado em 21 de maio de 2020
  15.  Códigos DDD. «DDD de Santa Bárbara de Goiás». Consultado em 1 de dezembro de 2016
  16.  Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de dezembro de 2016
  17.  Correios. «Agências». Consultado em 1 de dezembro de 2016
  18.  Tele Síntese. «Oi ativa 4G em 151 cidades ainda este ano». Consultado em 27 de janeiro de 2020